Fundadores de uma das primeiras surf shops do país, a Twin, os irmãos Carlos e Eduardo Argento estão entre os homenageados pela cidade neste ano. Foto: Arquivo pessoal irmãos Twin.

Fundadores de uma das primeiras surf shops do país, a Twin, os irmãos Carlos e Eduardo Argento estão entre os homenageados pela cidade neste ano. Foto: Arquivo pessoal irmãos Twin.

O município de Santos, no litoral paulista, comemora nesta terça-feira (21/1) o Dia do Surfista. A data foi instituída pela Lei Municipal 2172, de 19 de dezembro de 2003, para valorizar a história e cultura do surf na cidade onde a modalidade nasceu no Brasil.

Os primeiros registros de surf no país são do fim dos anos 30, quando os irmãs Thomas e Margot Rittscher e os amigos Osmar Gonçalves e Juá Hafers pegaram suas primeiras ondas, na praia do Gonzaga.

Neste ano, os cinco homenageados são surfistas que tiveram papéis importantes na consolidação do mercado do surf na região: José Geraldo Lucindo da Silva, o “Zé Geraldo”; os gêmeos Carlos e Eduardo Argento, os “Twin” (este último in memoriam); Ronildo Silva, o “Roni Surf”; e Francisco Mendes Neto, o “Chico Preto”.

Zé Geraldo começou a produzir pranchas no início dos anos 60 e até hoje é envolvido com a fabricação. Os irmãos Twin também começaram a fazer pranchas na mesma época e depois fundaram uma das primeiras surf shops do país, a Twin, 1971, na praia do Itararé.

A loja chegou a ter filial na capital paulista e foi uma das mais badaladas do shopping Parque Balneário, em Santos, no início dos anos 80. Infelizmente, Eduardo faleceu no último mês de novembro, mas seus feitos e seus shapes não serão esquecidos por amigos e clientes que até hoje guardam suas pranchas como relíquias.

Ronildo Silva foi outro que se destacou no ramo da fabricação e das surf shops. Ele fundou a loja Roni Surf, em 1979, junto com suas irmãs Regina e Auri. A loja tinha proposta inovadora e também teve filial em São Paulo. Ficou em atividade por aproximadamente 10 anos.

Já Chico Preto deixou sua marca na indústria de equipamentos. Ele criou a Surf Sol no fim dos anos 70 e até hoje é referência nesse mercado. Sua marca é responsável por boa parte das capas e leashes usados por milhares de surfistas.

A cerimônia de homenagem é aberta ao público e acontece no próximo dia 27 de janeiro, no Salão Nobre Esmeraldo Tarquínio, no Paço Municipal, às 17 horas. Os homenageados receberão pratos comemorativos alusivos à data, que serão entregues pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

Por Herbert Passos Neto para Waves

Aloha!

Share on Facebook

Notícias Relacionadas

Tags