ASP indica sinal amarelo para o Big Wave World Tour, o campeonato mundial de ondas gigantes, se tudo der certo, vem aí a primeira etapa de 2014

Marcos Monteiro quando venceu a última edição da etapa chilena de Ondas Gigantes em 2011. Foto: Divulgação ASP

Marcos Monteiro quando venceu a última edição da etapa chilena de Ondas Gigantes em 2011. Foto: Divulgação ASP

Alerta amarelo para o Big Wave world Tour, a ASP colocou nesta sexta-feira dois picos em alerta, o Quiksilver Cerimonial, em Punta de Lobos, no Chile e o Billabong Pico Alto, no Peru. O oceano em direção às regiões estão com uma projeção de 30 pés, pode ser que venha por aí a primeira etapa do Circuito Mundial de Ondas Gigantes 2014.

Os organizadores do ASP Big Wave World Tour 2014, monitoram as condições do mar de perto e se elas continuarem boas para o evento, vão lançar o sinal verde, 48 horas antes do início de qualquer evento.

O sistema está se movendo a nordeste da Antártida e é esperado que chegue na região por volta de 2 de julho, se continuar desta forma, a ASP vai declarar o começo para a primeira competição de ondas gigantes deste ano.

“Atualmente, temos algumas opções com este inchar: Corrida Chile, funcionamento em Peru, funcionamento em dois ou correr em nenhum (…) Nosso objetivo é sempre colocar os melhores surfistas de ondas gigantes do mundo em melhores ondas gigantes do mundo e da Mãe Natureza.” – Peter Mel, vice-comissário da ASP

A temporada ASP Big Wave World Tour 2014/2015 é dividido em componentes do hemisfério sul e do hemisfério norte, com três possíveis eventos dentro de cada um. A janela do Hemisfério Sul é entre 15 de abril a 31 de agosto de 2014, com opções de eventos no Chile, Peru e África do Sul. A janela do Hemisfério Norte começa em 15 de outubro de 2014 e vai até 28 de fevereiro de 2015, com opções de eventos no México, a região basca da Espanha, e Maui.

Brasileiros reinam nas ondas gigantes

Na história recente, os brasileiros são os grandes destaques quando o assunto são as ondas gigantes. Marcos Monteiro e Carlos Burle estão ligados e à procura de mais vitórias. Marcos Monteiro foi o campeão no Chile em 2011 e Burle defende o título que venceu no Peru, na última temporada .

“Os brasileiros tiveram um bloqueio sobre os eventos da América do Sul recentemente e temos um grande campo de ir para esses eventos de abertura para 2014. Nós estaremos monitorando de perto todos os gráficos e dados nos próximos dias.” – Peter Mel, vice-comissário da ASP

Aloha!

 

Share on Facebook

Notícias Relacionadas

Tags