Kai Lenny e Annabel vencem World Series 2012

Aconteceu no último final de semana em Turtle Bay, Oahu, Havaí, a última etapa do Stand Up World Series 2012, o Circuito Mundial de SUP Race idealizado pela havaiana Waterman League. Na água, alguns dos melhores remadores da atualidade. Entre eles, o jovem Kai Lenny, bi-campeão mundial de SUP Wave, cada vez mais focado em seu projeto pessoal de se tornar o maior Waterman do mundo. Kai demonstrou uma evolução assustadora na SUP Race ao longo do ano obtendo a coroação do ranking com uma performance dominante para garantir o seu primeiro título de campeão mundial da Stand Up World Series.

É bem verdade que o circuito ainda pode (e deve) evoluir muito, tanto em termos de infra-estrutura como em valores de premiação, de forma a atrair mais nomes de peso do cenário mundial. Danny Ching ou Candice Appleby, por exemplo, não participaram do circuito. No entanto, mesmo com importantes ausências, cabe à Waterman League o mérito de realizar um circuito de race do começo ao fim disputado em países diferentes.

E mesmo com a ausência de alguns atletas de elite, nomes de peso marcaram presença. Nomes que vem à cabeça inevitavelmente são os de Connor Baxter e Annabel Anderson.

Baxter travou um duelo particular contra Lenny ao longo de todo o circuito cujo desfecho foi concluído somente na etapa final, em Turtle Bay, com connor chegando à frente nas disputas de longa distância, mas com Lenny em sua cola, cada vez mais perto, prova a prova. Já nas provas de curta distância, Kai se mostrou insuperável e ainda soube tiras proveito de sua experiência no surfe de SUP, uma vez que o circuito da última etapa compreendia o surfe em ondas no percurso de retorno (um aspecto que tornou a prova mais emocionante).

No feminino outro desempenho impressionante de Annabel Anderson, completando o circuito com 100% de aproveitamento. Annabel é uma remadora excepcional, que se dedica tanto à distância longa quanto aos sprints. A neozelandesa não perdeu nenhum evento em 2012 (e você pode colocar nesse pacote também a Battle of the Paddle Califórnia). Um registo impressionante para qualquer atleta, além de fonte de inspiração para as mulheres que desejam competir na SUP race.

Durante a premiação Annabel foi bastante aplaudida ao “convocar” as mulheres para o circuito em 2013. Os campeões receberam um lindo quadro de Hilton Alves e um Kai Lenny emocionado dedicou seu título à memória de Harold Iggy, shaper Naish falecido esse ano e um de seus maiores incentivadores.

GROMETS TAMBÉM SÃO HOMENAGEADOS 

O circuito também homenageou os jovens talentos. Com uma série de resultados impressionantes em 2012, Mo Freitas de apenas 15 anos foi o melhor grommet do circuito, seguido Por Riggs Napoleon, de 14 anos. No lado das meninas, Vanina Walsh mostrou em Turtle que será muito em breve outra atleta a dar muito trabalho a nomes consagrados como a própria Annabel.

Fonte: SUP Club 

Assista ao video do primeiro dia de competição.

Share on Facebook

Notícias Relacionadas

Tags