Kelly Salter não dá chances de vitória, mas Wiggolly Dantas começa bem o ano com o vice no WQS Pipe 2014

Kelly Slater deslisa para começar o ano de 2014 do jeito que ele gosta, vencendo. Foto: Reprodução

Kelly Slater deslisa para começar o ano de 2014 do jeito que ele gosta, vencendo. Foto: Reprodução

Terminou nesta quarta-feira, no North Shore de Oahu, no Havaí, o Volcom Pipe Pro 2014, etapa cinco estrelas do WQS, a divisão de acesso à elite do surf.

Dois brasileiros mandaram muito bem logo na estreia do WQS cinco estrelas e chegaram à final do WQS Pipe 2014, foram os paulistas Adriano de Souza, o Mineirinho, e Wiggolly Dantas, o Guigui.

A final começou com Kelly Slater pegando fogo, logo de cara pegou uma bela onda que lhe rendeu 9,53, continuou como se estivesse sozinho, pegou uma onda sem muita relevância (2,07), mas em seguida pegou um tbo que lhe rendeu 6,17, totalizando 15,70 e deixando todos os adversários, que ainda não tinham surfado uma só onda, em combinação.

O primeiro a desafiar Kelly foi o havaiano Mason Ho, o surfista local arrancou aplausos do público na segunda onda que pegou, um tubo 7,70, que o ajudou a somar 8,80 e assumir a segunda colocação do WQS Pipe 2014.

Os brasileiros não deram sorte, Guigui e Mineirinho passaram a maior parte da bateria sem conseguir pegar uma onda, mas a cinco minutos do fim do WQS Pipe 2014, os dois reagiram, infelizmente não a tempo de venceram a competição, mas pelo menos a tempo de pegar algumas ondas.

Wiggoly Dantas não ase intimidou, pegou um tubão que lhe rendeu 8,27, precisava de 7,44 para passar Slater, mas a série deu uma diminuída e ele conseguiu 5,50, o bastante para terminar na segunda colocação do WQS Pipe 2014.

Mineirinho mandou muito bem chegando à final do WQS Pipe 2014, mas amargou o quarto lugar, com um somatório de 10,70.

Kelly Slater disse que se lembrar que há mais de 20 anos já competia ali o faz se sentir velho.

“Gosto muito e acho super divertido o Mason Ho, além de ser um ótimo surfista. Em 1993 eu estava nesta final, contra o tio dele, Derek, estou velho e competindo com várias gerações, o que é legal (…), mas nasci para surfar e é isso que vim fazer aqui” – Kelly Slater, campeão do WQS Pipe 2014.

Aloha!

Share on Facebook

Notícias Relacionadas

Tags