WCT Bells Beach 2015 - Filipe TOledo

Filipe Toledo estreando no Rip Curl Pro Bells Beach (Foto: Kelly Cestari / WSL)

O mar subiu em Bells Beach na quinta-feira e a primeira fase do Rip Curl Pro recomeçou as 13h00 em condições difíceis, com direitas volumosas de 4-6 pés, mas com poucas ondas boas entrando nas baterias disputadas no Bowl de Bells. Os três brasileiros que faltavam estrear no segundo desafio do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour 2015 não conseguiram vencer suas baterias e terão que disputar a segunda fase. No feminino, Silvana Lima chegou até a tirar a primeira nota 10 do ano em Bells, mas também foi derrotada.

Miguel Pupo só surfou uma onda contra Joael Parkinson, depois Filipe Toledo estreou com a lycra amarela de número 1 do ranking mundial perdendo junto com Jadson André para outro australiano, Owen Wright. Já Silvana Lima salvou a pátria, mas nem com nota 10 conseguiu superar Sally Fitzgibbons, então só mesmo Gabriel Medina começou com vitória e passou direto para a terceira fase nas baterias da quarta-feira de ondas menores em Bells Beach.

Os outros seis brasileiros vão ter que encarar a primeira rodada eliminatória do Rip Curl Pro Bells Beach. A segunda fase promete grandes disputas, pois dos doze primeiros colocados no ranking deste ano, apenas o vice-líder Julian Wilson e Jordy Smith venceram suas primeiras baterias. Ela já vai começar com os dois últimos surfistas que badalaram o sino da vitória na etapa mais tradicional do Circuito Mundial, o defensor do título Mick Fanning e Adriano de Souza, campeão em 2013. O adversário de Mineirinho é o ex-campeão mundial C. J. Hobgood. Depois tem Filipe Toledo de lycra amarela defendendo a liderança do ranking contra o havaiano Dusty Payne na quinta bateria.

Filipinho não teve uma boa estreia como número 1 do WCT em Bells Beach. Ele não conseguiu achar boas ondas na bateria dominada pelo australiano Owen Wright e terminou em último lugar, com o potiguar Jadson André ficando em segundo. Jadson agora terá que enfrentar o mesmo Miguel Pupo que o derrotou também na segunda fase da primeira etapa na Gold Coast. O novo duelo brasileiro entre os dois acontece na oitava bateria e na décima o paulista Wiggolly Dantas faz um confronto de estreantes na elite dos top-34 deste ano com o australiano Matt Banting. O outro novato do Brasil é o potiguar Italo Ferreira, que disputa a última vaga para a terceira fase com o havaiano Fredrick Pataccchia.

SILVANA NOTA 10 – Do Brasil, só quem brilhou na quinta-feira foi Silvana Lima. A cearense já era dona da única nota 10 do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour com um aéreo perfeito em Snapper Rocks na Gold Coast, agora repetiu o feito atacando uma direita da série em Bells Beach de forma incrível, com a primeira manobra explosiva numa parte muito crítica da onda. No entanto, a australiana Sally Fitzgibbons foi impecável na escolha e pegou mais ondas boas para vencer com duas notas na casa dos 9 pontos, totalizando 18,37 pontos contra 17,67 da brasileira. Ainda assim, Silvana Lima continua sendo a única surfista a receber nota 10 na temporada feminina, duas vezes.

O Rip Curl Pro Bells Beach está sendo transmitido ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pela Fox Sports para a Austrália, com coberturas especiais também pelo MCS Extreme na França, EDGE Sports na China, Coréia do Sul, Malásia e outros territórios, com a TV Globo sendo a nova parceira da World Surf League no Brasil.

WCT Bells BEach 2015 – Resultados Round 1

1.a: 1-Jeremy Flores (FRA)=15.33, 2-Wiggolly Dantas (BRA)=11.73, 3-Taj Burrow (AUS)=10.63

2.a: 1-Brett Simpson (EUA)=15.00, 2-Adriano de Souza (BRA)=14.33, 3-Kai Otton (AUS)=6.00

3.a: 1-Kelly Slater (EUA)=16.67, 2-Sebastian Zietz (HAV)=9.06, 3-Ricardo Christie (NZL)=7.73

4.a: 1-John John Florence (HAV)=15.33, 2-Italo Ferreira (BRA)=11.47, 3-C. J. Hobgood (EUA)=10.17

5.a: 1-Mason Ho (HAV)=13.13, 2-Mick Fanning (AUS)=13.10, 3-Freddy Patacchia Jr. (HAV)=13.00

6.a: 1-Gabriel Medina (BRA)=12.76, 2-Matt Banting (AUS)=11.83, 3-Joe Van Dijk (AUS)=8.23

7.a: 1-Jordy Smith (AFR)=14.33, 2-Keanu Asing (HAV)=13.44, 3-Adrian Buchan (AUS)=12.20

8.a: 1-Nat Young (EUA)=11.50, 2-Michel Bourez (TAH)=9.50, 3-Dusty Payne (HAV)=6.20

9.a: 1-Joel Parkinson (AUS)=12.33, 2-Glenn Hall (IRL) =8.74, 3-Miguel Pupo (BRA)=7.67

10: 1-Josh Kerr (AUS)=14.80, 2-Bede Durbidge (AUS)=13.77, 3-Adam Melling (AUS)=9.94

11: 1-Owen Wright (AUS)=13.90, 2-Jadson André (BRA)=11.63, 3-Filipe Toledo (BRA)=9.86

12: 1-Julian Wilson (AUS)=14.47, 2-Kolohe Andino (EUA)=14.37, 3-Matt Wilkinson (AUS)=8.57

WCT Bells Beach 2015 – Round 2

1.a: Mick Fanning (AUS) x Joe Van Dijk (AUS)

2.a: Adriano de Souza (BRA) x C. J. Hobgood (EUA)

3.a: Taj Burrow (AUS) x Ricardo Christie (NZL)

4.a: Michel Bourez (TAH) x Keanu Asing (HAV)

5.a: Filipe Toledo (BRA) x Dusty Payne (HAV)

6.a: Kolohe Andino (EUA) x Glenn Hall (IRL)

7.a: Bede Durbidge (AUS) x Adam Melling (AUS)

8.a: Miguel Pupo (BRA) x Jadson André (BRA)

9.a: Adrian Buchan (AUS) x Matt Wilkinson (AUS)

10: Wiggolly Dantas (BRA) x Matt Banting (AUS)

11: Kai Otton (AUS) x Fredrick Patacchia (HAV)

12: Sebastian Zietz (HAV) x Italo Ferreira (BRA)

Feminino

1.a: 1-Bianca Buitendag (AFR)=10.76, 2-Malia Manuel (HAV)=10.33, 3-Laura Enever (AUS)=8.57

2.a: 1-Sally Fitzgibbons (AUS)=18.37, 2-Silvana Lima (BRA)=17.67, 3-Nikki Van Dijk (AUS)=11.93

3.a: 1-Carissa Moore (HAV)=17.97, 2-Pauline Ado (FRA)=11.10, 3-Dimity Stoyle (AUS)=8.00

4.a: 1-Stephanie Gilmore (AUS)=15.50, 2-Tatiana Weston-Webb (HAV)=12.50, 3-Alessa Quizon (HAV)=8.24

5.a: Tyler Wright (AUS), Johanne Defay (FRA), Sage Erickson (EUA)

6.a: Lakey Peterson (EUA), Courtiney Conlogue (EUA), Coco Ho (HAV)

Aloha!

Share on Facebook

Notícias Relacionadas

Tags