Adriano de Souza é um dos brasileiros classificados para as quartas de final. Foto: Divulgação ASP

Depois de um dia de ondas épicas em Cloudbreak, o Volcom Fiji Pro 2012, quarta etapa do World Tour, voltou a ser realizado, mas em Restaurants. Dessa vez com ótimas ondas de até 2 metros que foram perfeitas para um show de surf dos tops da elite mundial.

Os paulistas Adriano de Souza, o Mineirinho, e Gabriel Medina, avançaram direto para as quartas de final. O cearense Heitor Alves mandou bem na primeira bateria que disputou, mas acabou perdendo a segunda e está na repescagem em busca de uma vaga nas quartas.

Na terceira fase um show no duelo verde e amarelo entre Gabriel Medina e Alejo Muniz, Medina abusou dos tubos e atacou o lip para somas 8,00 e 7,93, e ainda se deu ao luxo de descartar 6,33 e 7,17.

Do outro lado, Alejo não conseguiu encaixar as ondas, não saiu dos melhores tubos que pegou e acabou somando apenas 3,83 e 3,97 nas melhores ondas que pegou.

Já Heitor Alves levou a melhor contra o francês Jeremy Flores, com 6,67 e 7,23 contra 5,00 e 5,87 do adversário, avançando para a quarta fase.

O paulista Miguel Pupo foi eliminado pelo aussie Julian Wilson pelo placar de 15,83 a 12,34 para o australiano.

Adriano de Souza, assim como Medina, também deu um show. A vítima foi o australiano Kai Otton, atropelado pelo brasileiro com notas 7,83 e 8,93, que deixaram o aussie em combinação.

Notas 10

John John Florence foi o segundo atleta do evento a tirar nota 10)o primeiro foi Gabriel Medina na segunda fase), ele precisou de apenas 3,17 na segunda melhor onda para mandar à repescagem o norte-americano Damien Hobgood e o australiano Taj Burrow.

Algumas baterias depois foi a vez do onze vezes campeão mundial Kelly Slater tirar a nota máxima. Em perfeita sintonia com os tubos, o atleta além do 10, tirou 8,33, ficando com a liderança e mandando para a repescagem o aussie Owen Wright, que proporcionou uma disputa acirrada, com notas 8,50 e 9,40. Na mesma bateria, o cearense Heitor Alves ficou na terceira colocação e também está na repescagem.

O brazuca vai enfrentar o aussie Julian Wilson, que caiu diante do paulista Adriano de Souza.

Brazucas nas quartas

Gabriel Medina foi o primeiro brasileiro classificado às quartas. Ele mandou para a repescagem os aussies Joel Parkinson e Mick Fanning. Em uma bela virada em cima de Parko, que abriu o placar com 9,50 e liderou a disputa por bastante tempo.

O paulista tinha 7,33 no somatório e começou a correr atrás da liderança, a poucos minutos do fim da bateria finalmente veio a onda certa, três canudos e uma longa esquerda, que lhe renderam 7,83. Parko conseguiu somar apenas mais 4,67, e Gabriel foi o classificado.

Na última bateria do dia Adriano de Souza, o Mineirinho, já saiu na frente com 6,00 pontos na primeira onda, que acabou descartando depois, ao conseguir as notas 6,40 e 7,00. O norte-americano CJ Hobgood chegou perto de arrancar a vaga do brasileiro, mas precisava de 6,91 e tirou um 6,33.

Quinta fase do Volcom Fiji Pro 2012

1 Damien Hobgood (EUA) x Mick Fanning (Aus)
2 Joel Parkinson (Aus) x Taj Burrow (Aus)
3 Owen Wright (Aus) x CJ Hobogod (EUA)

4 Julian Wilson (Aus) x Heitor Alves (Bra)

Quartas-de-final (atletas já classificados)

1 John John Florence (Haw)

2 Gabriel Medina (Bra)

3 Kelly Slater (EUA)

4 Adriano de Souza (Bra)

 

Aloha!

Share on Facebook

Notícias Relacionadas

Tags