Miguel Pupo (foto) e Gabriel Medina, apesar de serem da nova geração, são os únicos brasileiros classificados à quarta fase. Foto: Divulgação ASP

Os paulistas Gabriel Medina e Miguel Pupo deram um show no segundo dia do Billabong Master, o WCT Pipeline, última etapa do Circuito Mundial de Surf de 2012. Com ondas de 2,5 metros, os dois arrebentaram e avançaram à quarta fase da competição.

Gabriel Medina foi espetacular e conseguiu o segundo maior somatório do dia, 18,50, sendo superado nas notas apenas pelo 11 vezes campeão mundial, Kelly Slater, que está na briga pelo 12º título.

Miguel disputou duas baterias neste domingo, a primeira contra o australiano Adam Melling, que ele dispensou com notas 8,33 e 7,33, contra 8,70 e 1,20 do aussie. Na segunda bateria que disputou, Pupo conseguiu a vitória nos minutos finais, com um canudo Backdoor, que lhe rendeu 7,83 e uma virada em cima de Jeremy Flores, campeão da etapa em 2010.

Título Mundial de Surf 2012

A briga pelo título continua acirrada, o aussie Joel Parkinson e o norte-americano Kelly Slater seguem firmes na competição e lutam para serem campeões de 2012.

Parko já correu pela quarta fase e venceu a última bateria realizada neste domingo. Com isso ele avançou direto para as quartas de final do WCT Pipeline, colocando pressão em Kelly Slater, que ainda vai disputar a terceira bateria da quarta fase, tendo a obrigação de chegar às quartas de final para seguir na briga pelo título.

Se Slater e Parko empatarem em quinto ou terceiro no WCT Pipeline, o norte-americano será campeão pela 12ª vez, mas caso o aussie chegue à final, Slater terá de vencer a competição para ser campeão.

As baixas brasileiras do dia foram Alejo Muniz, Adriano de Souza, Heitor Alves e Ricardo dos Santos.

A próxima chamada é amanhã, às 15h30, horário de Brasília.

Aloha!

Share on Facebook

Notícias Relacionadas

Tags