Com 10 unânime Filipe Toledo conquista a vaga nas quartas de final do WCT Rio 2013

Mineiro se baneficia do erro de Taj Burrow e está nas quartas de final do WCT Rio 2013

Mineiro se baneficia do erro de Taj Burrow e está nas quartas de final do WCT Rio 2013. Foto: Divulgação ASP

Filipe Toledo mandou nada menos que dois aéreos para conquistar um 10 unânime e avançar às quartas de final do WCT Rio 2013.

Enquanto  Adriano de Souza, o Mineirinho se classificou de forma inusitada às quartas de final do WCT Rio 2013, o brasileiro foi beneficiado por uma interferência que nem foi nele.

O australiano Taj Burrow começou dando um show e logo na primeira onda fez 9,30, assumindo a liderança que durou por quase metade da bateria, Mineiro revidou com um 8,33 e 7,57, dando a virada e assumindo a liderança.

Nat Young estava sumido e não conseguiu somar mais que 3,50 e 2,07, porém um uma das ondas que o atleta surfou, sofreu interferência de Taj, que entrou na mesma onda e foi punido.

Taj teria retomado a liderança e ficaria com a vaga nas quartas de final do WCT Rio 2013 quando fez mais um belo tubo e tirou 9,13, porém teve a nota cancelada por causa da interferência em Nat.

Com isso, Mineiro se beneficiou e terminou em primeiro, com 15,90, enquanto um frustrado Taj Burrow deixou a bateria antes do fim.

A segunda bateria era bem aguardada, Kelly Slater, Gabriel Medina e Adrian Buchain caíram na água, com a atenção do público voltada para Kelly e Medina. Todos foram surpreendidos por um Adrian Buchain inspirado, que também deu um pouco de sorte e pegou as melhores ondas da bateria.

Com dois tubos, o aussie somou 12,77 e pegou a segunda vaga das quartas de final do WCT Rio 2013. Gabriel Medina fez 11,40 e Kelly Slater 7,33.

A terceira vaga nas quartas de final do WCT Rio 2013 ficou com o havaiano Sebastian Zietz, que venceu por 14,10 o irlandês Glenn Hall, 6,03 e o taitiano Michel Bourez, 11,84.

A última bateria da quarta fase foi um show à parte. Logo de cara o sul-africano Jordy Smith pegou um tubo nota 10 e parecia estar se classificando para as quartas de final do WCT Rio 2013, mas o show estava longe de acabar.

Filipinho já tinha um 8,43 da primeira onda, e a prioridade era de Jordy, mas o sul-africano não quis entrar na onda. Filipinho viu ali uma oportunidade de aumentar o somatório e caiu com tudo, conseguiu um aéreo bem alto e em seguida emendou um segundo aéreo, sem chances para qualquer adversário. Nota 10 unânime e a classificação para as quartas de final do WCT Rio 2013 garantida!

Baterias WCT Rio 2013 – Quinta fase, repescagem

1 Taj Burrow (AUS) x Kelly Slater (EUA)

2 Gabriel Medina (BRA) X Nat Young (EUA)

3 Michel Bourez (TAI) X Mick Fanning (AUS)

4 Jordy Smith (AFS) X Glenn Hall (IRL)

Baterias WCT Rio 2013 – Quarta fase

1 Taj Burrow (AUS) 9,30, Nat Young (EUA) 5,57, Adriano de Souza (BRA) 15,90

2 Gabriel Medina (BRA) 11,40, Adrian Buchan (AUS) 12,77, Kelly Slater (EUA), 7,33

3 Glenn Hall (IRL) 6,03, Michel Bourez (TAI) 11,84, Sebastian Zietz (HAV) 14,10

4 Filipe Toledo (BRA) 18,43, Jordy Smith (AFS) 15,17, Mick Fanning (AUS) 13,20

Aloha!

Share on Facebook

Notícias Relacionadas

Tags