Mineiro vence Slater e Medina tira um 10 nas quartas de final do WCT Rio 2013

Gabriel Medina embala um aéreo depois de uma tubo e consegue um 10 unânime

Gabriel Medina embala um aéreo depois de uma tubo e consegue um 10 unânime. Foto: Reprodução

O dia começou sem ondas na Barra, a primeira bateria das quartas de final do WCT Rio 2013, entre Adriano de Souza, o Mineirinho, e Kelly Slater passou mais de 10 minutos sem ondas. Kelly pegou duas ondas sem expressão, na prioridade de Mineiro apareceu uma das únicas boas ondas da bateria.

O brasileiro não desperdiçou a chance e mandou uma série de manobras, com rasgadas e floater, que lhe renderam 8,50. Em seguida Mineiro tirou um 6,83, que deixou Kelly em combinação de 15,34.

Kelly não desistiu e mandou um tubo profundo, conquistando 7,50, voltando pra briga. Precisava de 7,84 para virar, mas conseguiu apenas um 4,80, sendo eliminado. Mineiro se classificava então para a semi-final do WCT Rio 2013.

Na segunda bateria do dia de decisão do WCT Rio 2013, Gabriel Medina enfrentou Adrian Buchan e deu show nas esquerdas que rolaram no Postinho.

Depois de pegar um tubo perfeito, Gabriel Medina terminou a onda com um aéreo altíssimo, garantindo um 10 unânime. Adrian Buchan, vendeu caro e utilizou tubos e manobras fortes para conquistar um 8,00 e em seguida conseguiu a liderança com um 6,93.

Medina precisava de 4,94 para virar e seguir no WCT Rio 2013, quando Adrian pegou uma onda na preferência do brasileiro. Medina usou a prioridade a seu favor e também entrou na onda, criando uma pequena polêmica. Como Adrian já estava na onda há um certo tempo, os juízes não o penalizaram.

Em seguida Medina mandou um aéreo simples e conseguiu 6,43, para assumir a liderança e avançar para a semifinal do WCT Rio 2013. Ele e Mineirinho vão se enfrentar.

O veterano Mick Fanning levou a melhor sobre o havaiano Sebastian Zietz na terceira bateria das quartas de final do WCT Rio 2013 por 13,37 a 12,37 e também está na semifinal do WCT Rio 2013.

Na última bateria das quartas de final, Filipe Toledo foi surpreendido por um inspirado Jordy Smith, que abusou dos aéreos e dos tubos, para somar 17,76. Filipinho terminou em combinação, com 14,07, precisando trocar as duas notas e está fora do WCT Rio 2013.

Baterias WCT Rio 2013 – Semifinal

1 Adriano de Souza (BRA) X Gabriel Medina (BRA)

2 Mick Fanning (AUS) X Jordy Smith (AFS)

Baterias WCT Rio 2013 – Quartas de final

1 Adriano de Souza (BRA) 15,33 X 12,30 Kelly Slater (EUA)

2 Adrian Buchan (AUS) 14,93 X 16,43 Gabriel Medina (BRA)

3 Sebastian Zietz (HAV) 12,37 X 13,37 Mick Fanning (AUS)

4 Filipe Toledo (BRA) 14,07 X 17,76 Jordy Smith (AFS)

Aloha!

Share on Facebook

Notícias Relacionadas

Tags