Alejo é o brasileiro mais bem colocado no ranking da Tríplice Coroa Havaiana. Foto: Divulgação ASP

Depois de ficar em quarto lugar na primeira etapa da Vans World Cup of Surfing, 2012, a tríplice Coroa Havaiana, o catarinense Alejo Muniz mandou muito bem na estreia dele no WQS Prime Sunset Beach, segunda etapa da Tríplice Coroa, que rola no Havaí.

Alejo encarou as ondas de até 2,5 metros nesta segunda-feira, tirando notas 8,07 e 7,73. Na mesma bateria, o atleta do Rio de Janeiro, Raoni Monteiro, que venceu essa etapa em 2010, não conseguiu encontrar as boas ondas e amargou um quarto lugar na estreia, com apenas 4,67 e 28,83 nas melhores ondas. Completaram a bateria o norte-americano Tanner Gudauskas (2º) e o havaiano  Dusty Payne (3º).

Com o resultado, o catarinense se classificou às oitavas de final. E mais brasileiros também entraram na lista das oitavas: o também catarinense Ricardo dos Santos e os paulistas Jessé Mendes e Gabriel Medina.

Ricardo conseguiu 5,33 e 4,60, ficando em segundo na bateria vencida pelo norte-americano CJ Hobgood. Jessé Mendes também não passou em primeiro, ficou atrás do taitiano Michel Bourez, mas foi o suficiente para avançar no WQS Prime Sunset Beach.

Além de Raoni, o Brasil tece as baixas de Jean da Silva, Jadson André, Heitor Alves e Miguel Pupo.

Jean estava a duas posições de entrar no Top 10 do ranking unificado, que garante uma vaga na elite do surf, e em seguida vinham Heitor e Raoni. A última vaga da lista, por enquanto, é de Willian Cardosom que já caiu nessa competição e agora torce pelo tropeço dos adversários.

Aloha!

Share on Facebook

Notícias Relacionadas

Tags