Jadson Andre WQS Prime Cascais

Jadson André busca bicampeonato em Cascais. Foto: Masurel / ASP Europe

Depois de ser vice-campeão na final contra o havaiano John John Florence no Quiksilver Pro France no domingo, na terça-feira o potiguar Jadson André já começou a defender o título de campeão do ASP Prime Cascais Billabong Pro em Portugal. Ele estreou completando uma dobradinha verde-amarela com o paulista Wiggolly Dantas e os dois são os primeiros brasileiros que já se classificaram para as oitavas de final na quinta-feira na Praia do Guincho. E outros quatro brasileiros ainda vão disputar vagas na repescagem que vai abrir a sexta-feira em Cascais. O baiano Marco Fernandez entra na primeira bateria com o português José Ferreira, o paulista Adriano de Souza e o potiguar Italo Ferreira se enfrentam na segunda e o paulista Caio Ibelli está na última com o taitiano Michel Bourez.

Esta é a última etapa do ASP Prime antes da estreia do Guaraná Antarctica apresenta O´Neill SP Prime, que vai fechar a nova “perna brasileira de fim de ano” da ASP South America com três provas seguidas entre os dias 18 de outubro e 09 de novembro. A primeira é o ASP 6-Star Oceano Santa Catarina Pro nos dias 18 a 25 de outubro na Praia da Joaquina, em Florianópolis. Da Ilha da Magia, o destino é a Costa do Cacau no sul da Bahia, onde pelo segundo ano consecutivo a Dendê Produções realiza o ASP 4-Star Mahalo Surf Eco Festival na Praia da Tiririca, em Itacaré. O Brasil é a última parada antes do encerramento da temporada na Tríplice Coroa Havaiana, onde será definida a lista dos dez surfistas que o ranking do ASP Qualification Series classifica para completar a elite dos top-34 que vai disputar o título mundial no WCT do ano que vem.

Um total de dezenove brasileiros e um argentino foi para Portugal participar do Cascais Billabong Pro. O argentino era o irmão mais novo de Alejo Muniz, Santiago, que acabou eliminado na dobradinha de Wiggolly Dantas com Jadson André. Além dos dois, mais dez brasileiros avançaram para a segunda fase realizada na quarta-feira na Praia do Guincho. E ela começou com outra dobradinha verde-amarela, desta vez de Adriano de Souza com o baiano Marco Fernandez, que conquistaram as primeiras vagas para a rodada das duas chances para avançar as oitavas de final. Ainda tiveram três baterias com participação de mais de um brasileiro, mas nenhuma outra classificação dupla foi concretizada.

Wiggolly Dantas WQS Portugal 2014

Wiggolly Dantas conquista primeira vaga nas oitavas de final. Foto: Masurel / ASP Europe

O potiguar de Baía Formosa, Italo Ferreira, venceu a segunda bateria, mas o português José Ferreira superou o paulista Alex Ribeiro e o italiano Leonardo Fioravanti na briga pela segunda vaga. Outro potiguar, mas de Natal, Jadson André, voltou a derrotar o mesmo Jordy Smith que ele despachou nas semifinais do Quiksilver Pro France, mas o sul-africano passou em segundo e o catarinense Willian Cardoso, que ocupa as últimas posições no grupo dos dez indicados pelo ASP Qualification Series, terminou em último lugar. E no confronto que fechou a segunda fase eram três brasileiros e Caio Ibelli avançou em primeiro, só que o australiano Ryan Callinan acabou despachando o também paulista Jessé Mendes e o baiano Bino Lopes.

Na quinta-feira só rolaram as oito baterias da terceira fase, com a vitória valendo classificação direta para as oitavas de final. Mas, os perdedores têm uma segunda chance de avançar na repescagem, quando os duelos passam a ser homem, sistema de disputa que prossegue até a grande final nas etapas do ASP Prime. Dois brasileiros disputaram o primeiro confronto do dia e Wiggolly Dantas conquistou a primeira vaga, contra Adriano de Souza e o português José Ferreira. Na segunda bateria o fato se repetiu, só que o australiano Adam Melling ganhou por uma pequena diferença e mandou Italo Ferreira e Marco Fernandez para a repescagem. Com a combinação dos resultados, Marco vai abrir a repescagem contra José Ferreira e Italo e Adriano se enfrentarão na disputa seguinte.

O Brasil continuou no mar na terceira bateria e o potiguar Jadson André manteve a invencibilidade na Praia do Guincho, em sua busca pelo bicampeonato consecutivo no Cascais Billabong Pro de Portugal. Ele ganhou por pouco do norte-americano Brett Simpson, 15,26 a 15,17 pontos, contra apenas 8,17 de Jonathan Gonzalez, das Ilhas Canárias. Depois, Caio Ibelli fechou a participação brasileira na penúltima bateria da quinta-feira contra dois tops do WCT. A disputa pela vitória foi acirrada e o norte-americano Nat Young venceu por 11,67 pontos nas duas notas computadas, superando os 11,27 do australiano Julian Wilson e os 10,96 do paulista Caio Ibelli.

O Cascais Billabong Pro está sendo transmitido ao vivo na internet pelo www.aspworldtour.com e o link também pode ser acessado clicando-se no banner do evento na capa do www.aspsouthamerica.com

OITAVAS DE FINAL DO ASP PRIME CASCAIS BILLABONG PRO:

1.a: Wiggolly Dantas (BRA) x vencedor da 1.a repescagem

2.a: Adam Melling (AUS) x vencedor da 2.a repescagem

3.a: Jadson André (BRA) x vencedor da 3.a repescagem

4.a: Jordy Smith (AFR) x vencedor da 4.a repescagem

5.a: Fredrick Patacchia (HAV) x vencedor da 5.a repescagem

6.a: Jeremy Flores (FRA) x vencedor da 6.a repescagem

7.a: Nat Young (EUA) x vencedor da 7.a repescagem

8.a: Vincent Duvignac (FRA) x vencedor da 8.a repescagem

QUARTA FASE – REPESCAGEM

1.a: Marco Fernandez (BRA) x José Ferreira (PRT)

2.a: Adriano de Souza (BRA) x Italo Ferreira (BRA)

3.a: Brett Simpson (EUA) x Davey Cathels (AUS)

4.a: C. J. Hobgood (EUA) x Jonathan Gonzalez (CNY)

5.a: Marc Lacomare (FRA) x Stu Kennedy (AUS)

6.a: Dion Atkinson (AUS) x Carlos Muñoz (CRI)

7.a: Julian Wilson (AUS) x Ryan Callinan (AUS)

8.a: Michel Bourez (TAH) x Caio Ibelli (BRA)

TERCEIRA FASE

1.a: 1-Wiggolly Dantas (BRA)=14.43, 2-José Ferreira (PRT)=13.83, 3-Adriano de Souza (BRA)=7.46

2.a: 1-Adam Melling (AUS)=13.67, 2-Italo Ferreira (BRA)=12.84, 3-Marco Fernandez (BRA)=12.20

3.a: 1-Jadson André (BRA)=15.26, 2-Brett Simpson (EUA)=15.17, 3-Jonathan Gonzalez (CNY)=8.17

4.a: 1-Jordy Smith (AFR)=18.07, 2-C. J. Hobgood (EUA)=13.90, 3-Davey Cathels (AUS)=10.83

5.a: 1-Fredrick Patacchia (HAV)=12.60, 2-Stu Kennedy (AUS)=11.83, 3-Dion Atkinson (AUS)=10.10

6.a: 1-Jeremy Flores (FRA)=15.06, 2-Carlos Muñoz (CRI)=13.00, 3-Marc Lacomare (FRA)=6.50

7.a: 1-Nat Young (EUA)=11.67, 2-Julian Wilson (AUS)=11.27, 3-Caio Ibelli (BRA)=10.96

8.a: 1-Vincent Duvignac (FRA)=14.57, 2-Michel Bourez (TAH)=13.04, 3-Ryan Callinan (AUS)=11.00

RESULTADOS DOS SUL-AMERICANOS NAS PRIMEIRAS FASES EM PORTUGAL:

1.a: 1-Adriano de Souza (BRA)2-Marco Fernandez (BRA), 3-Mitch Coleborn (AUS), 4-Glenn Hall (IRL)

2.a: 1-Italo Ferreira (BRA), 2-José Ferreira (PRT), 3-Alex Ribeiro (BRA), 4-Leonardo Fioravanti (ITA)

3.a: 1-Adam Melling (AUS), 2-Wiggolly Dantas (BRA), 3-Billy Stairmand (NZL), 4-Connor O´Leary (AUS)

4.a: 1-Jadson André (BRA), 2-Jordy Smith (AFR), 3-Beyrick De Vries (AFR), 4-Willian Cardoso (BRA)

5.a: 1-Brett Simpson (EUA), 2-C. J. Hobgood (EUA), 3-Filipe Toledo (BRA), 4-Conner Coffin (EUA)

10: 1-Nat Young (EUA), 2-Vincent Duvignac (FRA), 3-Heitor Alves (BRA), 4-Bede Durbidge (AUS)

11: 1-Caio Ibelli (BRA), 2-Ryan Callinan (AUS), 3-Bino Lopes (BRA), 4-Jessé Mendes (BRA)

PRIMEIRA FASE

1.a: 1-Adriano de Souza (BRA), 2-José Ferreira (PRT), 3-Wade Carmichael (AUS), 4-Damien Hobgood (EUA)

2.a: 1-Marco Fernandez (BRA), 2-Alex Ribeiro (BRA), 3-Mitch Crews (AUS), 4-Matt Banting (AUS)

3.a: 1-Italo Ferreira (BRA), 2-Mitch Coleborn (AUS), 3-Kai Otton (AUS), 4-David do Carmo (BRA)

5.a: 1-Connor O´Leary (AUS), 2-Beyrick De Vries (AFR), 3-Miguel Pupo (BRA), 4-Frederico Morais (PRT)

6.a: 1-Wiggolly Dantas (BRA), 2-Jadson André (BRA), 3-Garrett Parkes (AUS), 4-Santiago Muniz (ARG)

7.a: 1-Willian Cardoso (BRA), 2-Adam Melling (AUS), 3-Nathan Yeomans (EUA), 4-Nic Von Rupp (PRT)

8.a: 1-Jordy Smith (AFR), 2-Billy Stairmand (NZL), 3-Kanoa Igarashi (EUA), 4-Peterson Crisanto (BRA)

9.a: 1-Filipe Toledo (BRA), 2-Maxime Huscenot (FRA), 3-Vicente Romero (ESP0, 4-Dillon Perillo (EUA)

15: 1-Yadin Nicol (AUS), 2-Stuart Kennedy (AUS), 3-Hizunomê Bettero (BRA), 4-Sebastian Zietz (HAV)

18: 1-Tiago Pires (PRT), 2-Heitor Alves (BRA), 3-Marlon Lipke (ALE), 4-Patrick Gudauskas (EUA)

19: 1-Vincent Duvignac (FRA), 2-Dion Atkinson (AUS), 3-Tom Whitaker (AUS), 4-Tomas Hermes (BRA)

21: 1-Bino Lopes (BRA), 2-Julian Wilson (AUS), 3-Charles Martin (GLP), 4-Nathan Hedge (AUS)

22: 1-Jessé Mendes (BRA), 2-Jack Freestone (AUS), 3-Thomas Woods (AUS), 4-Matt Wilkinson (AUS)

23: 1-Gonzalo Zubizarreta (ESP), 2-Ryan Callinan (AUS), 3-Raoni Monteiro (BRA)4-Alejo Muniz (BRA)

24: 1-Michel Bourez (TAH), 2-Caio Ibelli (BRA), 3-Ricardo Christie (NZL), 4-Mateia Hiquily (TAH)

Por:  João Carvalho – [email protected] Assessoria de Imprensa da ASP South America

Aloha!

Share on Facebook

Notícias Relacionadas

Tags